Notícias /
VOLTAR

As mais vistas no Jacaré

CBM e motociclistas na Câmara dos Deputados


Show de rock

Jacaremoto Rock Festival 2015


Nova 150 Start

Nova CG 150 Start básica de R$ 6.350, acaba com a linha CG 125


Ver Todos

Policial faz terror com multa e foge das pessoas notificadas

PM anota placas em local permitido e ao ser solicitada a identificação e o canhoto da multa sai correndo dos motociclistas


24/01/2015

Um fato estranho à corporação PMMG, e fora do normal de ficalização e de atuação policial, aconteceu hoje às 11h da manhã, na av. Tito Fulgêncio, 421, Jd. Industrial, local de grande concentração de lojas de motopeças, em Contagem, região metropolitana de Belo Horizonte.
Com algumas motos estacionadas em local permitido, de acordo com placa no local, um SGT PM, de forma agressiva nas suas atitudes, parecendo estar com raiva, pela maneira grosseira com que respondia a alguns,  começou fazer terror no local ao anotar as placas de todos as motos (alguns carros também).
Por isso, foi  sendo abordado pelos proprietários perplexos pela ação fora do padrão da PMMG, e por ee falar que iria multar, e que não aceitava argumentos, e, ainda, dizia, deposi de solicitado, que iria dar o devido canhoto identificando o infrator, um direito do cidadão, mas não parava e não entregava os canhotos devidos numa atuação. Agia  apressado e agitado, andando de um lado para outro, parecendo que era para impedir que se visse o seu nome e que se fosse fotografado de frente, pois não parava.
Após a insistência de muitos disse que iria dar o canhoto e, agindo apressamente, entrou na viatura, Gol HDN 6864, prefixo 18544, do 39º BPM, e fugiu do local.


Sargento da PMMG faz terror ao anotar placa mas não entregar canhoto ao suposto infrator

Sargento foge do cidadão

Pode parecer estranho falar em "fugiu", mas a quem presenciou a ação ficou a nítida impressão que o SGT fugiu das pessoas, sem motivo, e o que fazia ali não era uma atuação policial regular, pautada pela conduta costumeira dentro da legalidade, da PMMG, mas, antes pelo contrário, o SGT agiu com atitude que deixa a suspeita de represália e retalição por algum motivo a alguém do local - queria mesmo era assustar e causar alvoroço, deixando a dúvida se iria transformar  ou não, a anotação simples numa folha, em efetiva notificação.


Motociclistas tentam argumentar com policial irrascível, que anotava as placas e não respondia nada

O estranho, a quantos assistiram aquela cena grostesca, é que não é praxe dos policiais mineiros agirem dessa forma grosseira e sem educação, e o pior, se recusando fornecer o devido recibo de sua atuação. Agiu incorretamente, e o mais importante e digno de nota, de maneira suspeita e ilegal, com abuso de autoridade, denegrindo a imagem da corporação que representa, pois negou o direito ao suposto infrator, do canhoto de sua indevida notificação, cerceando abertamente seu direito de defesa contra arbitrariedades. 


SGT indo embora, quase que correndo, para não entegar canhoto de notificação; acima, no poste, placa permitindo estacionar no local

Na oportunidade  os lojistas e algums motociclistas fizeram chamadas para o 190, que afirmou que mandaria uma viatura ao local para averiguar os fatos mas, ate às 13h30 não havia chegado. As atendentes do Copom recomendaram que o reclamantes fossem reclamar da conduta do militar na corregedoria da PMMG. ZCJ


SGT da PMMG fugindo da sua obrigação, como servidor policial, de identificar e de entregar o canhoto a quem ameçou multar anotando placa, viatura da PMMG do 39º BPM

 

Fotos  ZC Jacaré- BH

www.jacaremoto.com.br a Agenda de Encontros de Motociclistas  mais visitada da Internet

 

 

Tags: PMMG, Polícia, policial, terror com ameaça de multa, Contagem, motopeças, Tito Fulgêncio, polícia militar, SGT



Notícias RELACIONADAS


Jacaremoto
Facebook Jacaremoto Twitter Jacaremoto

É permitida a reproduçao de qualquer matéria deste site, em qualquer meio de comunicação, com a prévia autorizaçao do Jacaremoto, e com a referência de onde foi extraído o texto, ou seja, o site jacaremoto.com.br. As matérias assinadas sao de responsabilidade de seus autores.
© Desde 1999. jacaremoto.com.br. Todos os direitos reservados.