Notícias /
VOLTAR

As mais vistas no Jacaré

CBM e motociclistas na Câmara dos Deputados


Show de rock

Jacaremoto Rock Festival 2015


Nova 150 Start

Nova CG 150 Start básica de R$ 6.350, acaba com a linha CG 125


Ver Todos

Adicional de Periculosidade dos Motoboys não Foi Extinto, só Suspenso por Liminar

Comentário da Coluna do Jacaré BH, a favor de se continuar a pagar os 30%, mesmo suspenso temporariamente...


14/01/2015

* O pagamento do adicional de periculosidade de 30% do motoboy foi suspenso, e não extinto, em dezembro, por Liminar da Justiça Federal de Brasília, a pedido das empresas fabricantes de refrigerantes. A Lei do Adicional e a Portaria que a regulamentou, depois dessa Liminar julgada, continuarão valendo. Ou seja, o motoboy vai voltar a ter direito a receber os 30% sob seu salário e os valores retroativos que, por desventura, deixar de receber nesse período da suspensão.

* O adicional já vinha sendo pago antecipadamente. Algumas poucas empresas, reconhecendo que os 30% são merecidos, começaram a pagar mesmo antes da portaria ser editada. É o caso da Superlog (distribuição do jornal O Tempo), única de entrega de jornais a valorizar os seus colaboradores em duas rodas, que já paga o adicional de periculosidade desde o ano passado.

* Motoboy feliz trabalha melhor. Na prática é muito bom para a empresa que se continue pagando esse adicional do que suspender e depois ter que gastar mais para quitar os valores retroativos, pois a Liminar não pede para acabar com a lei, mas, apenas reclama do processo de elaboração da portaria que a regularizou. Então, o adicional de periculosidade dos trabalhadores está garantido e não vai ser extinto, apenas está suspenso, temporariamente.

* Os 30% do adicional só será interrompido por empresa que esteja com o caixa fraco ou com assistência jurídica medíocre, pois se paralisar agora, mais à frente terá que pagar os atrasados. Fazendo as contas, é melhor continuar pagando o que é direito dos trabalhadores e contar com a sua satisfação na presteza de seus serviços essenciais de motoentrega. A empresa que preza seus clientes continuará a pagar os 30% aos motoboys, que depois de longa luta por um direito se veem, agora, surrupiados do pão que já estava na boca, prestes a ser engolido.

* Adicional do motoboy ainda... É intenção da Associação dos Motociclistas Trabalhadores (Amot-MG) e, do Sindicato dos Motociclistas Autônomos (Sindimoto-MG), em apoio, convocar uma manifestação nacional de motoboys contra essa Liminar, atendendo os pedidos de seus associados. A Amot-MG aguarda a repercussão e a atitude geral das empresas para agir. Espera-se que o bom senso prevaleça e que os motoboys continuem a receber o que é direito deles por lei e por justiça.

* Motoboys podem parar. Essa paralisação seria preventiva para alertar os patrões de que a classe dos motoboys não abre mão de seu direito, que vem, não só amenizar financeiramente o perigo que correm sobre uma moto, mas, também, aumentar o salário da classe, já tão baixo por culpa da ação fraca da direção do Sindicato dos Motociclistas Profissionais de Minas Gerais (Sindimotocicli-MG), que deveria defender e lutar pela classe, que representa tão mal.

Nota da Coluna do Jacaré - BH,  publicada no Super Notícia de MG em 14/1

 

www.jacaremoto.com.br, a Agenda Nacional de Encontros de Motos mais visitada da InterneP 

 

 

Tags: Adicional de periculosidade de 30%, motoboys, tem suspensão, Liminar suspende adicional 



Notícias RELACIONADAS


Jacaremoto
Facebook Jacaremoto Twitter Jacaremoto

É permitida a reproduçao de qualquer matéria deste site, em qualquer meio de comunicação, com a prévia autorizaçao do Jacaremoto, e com a referência de onde foi extraído o texto, ou seja, o site jacaremoto.com.br. As matérias assinadas sao de responsabilidade de seus autores.
© Desde 1999. jacaremoto.com.br. Todos os direitos reservados.